<

Quero não sentir medo. Quero me entregar mais, me jogar mais, amar mais. Viajar até cansar. Quero sair pelo mundo. Quero fins de semana de praia. Aproveitar os amigos e abraçá-los mais. Quero ver mais filmes, ler mais. Sair mais. Quero não me atrasar tanto, nem me preocupar tanto. Quero morar sozinha, quero ter momentos de paz. Sorrir mais, chorar menos e ajudar mais. Quero ser feliz, quero sossego. Quero me olhar mais. Tomar mais sol e mais banho de chuva. Preciso me concentrar mais, delirar mais. Não quero esperar mais. Quero fazer mais, suar mais, cantar mais e mais. Quero conhecer mais pessoas. Quero olhar para frente. Quero pedir menos desculpas, sentir menos culpa. Quero mais chão, pouco vão e mais bolinhas de sabão. Quero ousar mais. Experimentar mais. Quero menos ”mas”. Quero não sentir tanta saudade. Quero mais e tudo o mais. E o resto que venha se vier, ou tiver que vir, ou não venha.

Fernando Pessoa. 

Reblog with 40542 notes.

Meu bem, por que quando se trata de você eu não sei escrever? É, eu fico toda boba sem palavras, começo a escrever coisas totalmente sem sentido algum. Mas você sabe disso e engraçado não se importa. O único que sabe descrever bem o que sente é você. Enquanto a mim não sei me expressar, mas de uma coisa posso te afirmar, quando falo ”eu te amo” não é da boca pra fora. Pode ter certeza que é o ”eu te amo” mais verdadeiro que ouvistes. E acho que é muito melhor ouvir uma frase verdadeira do que eu citar enormes textos sem sentimento algum. Mas é impossível não senti nada por ti. Você despertou sentimentos em mim que jamais pensei que pudesse senti. Hoje me sinto feliz e realizada simplesmente por que hoje sei que sou amada. Hoje em dia tenho alguém que cuida de mim, que não me troca por ninguém, sempre me faz companhia, jamais é ausente. Como poderia me senti infeliz? Não tenho motivos para isso. Só tenho que te agradecer e muito por ainda está comigo até hoje quando na verdade todos já desistiram de mim.Até eu mesma desistir de mim, mas você continua insistindo.

O amor é isso. Jamais desistir. 

Reblog with 1117 notes.

Meu pai nunca me dizia o que achava de mim, e eu sempre achei que era o desgosto dele. Ele nunca me perguntava como eu estava, como eu queria estar. Era só “oi pai, bença”, “Deus te abençoe” e pronto, poucos diálogos, poucos papos furados. Eu queria ter um pai no estilo de filmes, aquele que senta e conversa, que procura saber as dores dos filhos. Mas não reclamo do meu, ele é um grande pai, nunca deixou de me fazer feliz. Mas mesmo assim, nunca ouvia ele dizer que sentia orgulho por mim, que me achava um bom filho ou coisas do tipo. Talvez eu não era mesmo, alias, talvez eu não sou um bom filho. Um dia desses um amigo dele veio falar comigo, e com a conversa agitada ele começou a falar as coisas que meu pai fala sobre mim para todos, eu não aguentei e chorei na frente do moço. Ele não entendeu, e perguntou o por que, e eu disse: “Eu sempre achei que meu pai não se sentia bem me tendo como filho, achava que ele nem gostava tanto assim de mim.” O moço simplesmente olhou e me disse que em todas as conversas com meu pai, ele fala de mim, ele lembra de mim. Disse que no dia que eu comecei a namorar ele contou pra todos os amigos, e disse que tava orgulhoso se mim. Quando eu fui jogar bola e fiz um gol, ele chorou mas não me disse, disse só para os amigos dele. Quando eu passei na faculdade, meu pai não me deu parabéns, mas contou pro mundo todo que tava orgulhoso do filho que ele tinha gerado, da pessoa que eu tava me tornando. Tudo que eu fazia, meu pai se sentia orgulhoso, se sentia super bem por me ter como filho dele, mas ele nunca me contava, nunca demonstrava, mas sempre falava com os amigos dele, sempre tinha meu nome em todas as conversas. E eu achando que meu pai não gostava de mim, agora sei o quanto ele me ama, e que o amor tem diferentes formas de se expressar. Talvez eu tenha sido bobo de pensar nessas coisas, mas quando a gente não vê as coisas, da pra imaginar diversas coisas. Eu te amo pai, e nunca te disse isso, e saiba que tenho o maior orgulho de te chamar de pai, você não vai lê isto, mas um dia vai saber de tudo.

O menino Charlie.

Reblog with 1468 notes.

É que, às vezes,
para ganhar poemas
precisamos perder amores.

Eu me chamo Antônio 

Reblog with 17527 notes.

Três regras: não prometa nada quando estiver feliz; não responda nada quando estiver irritado; não decida nada quando estiver triste.

Tati Bernardi.     

Reblog with 64010 notes.

Cardiomiopatia de Takotsubo.

 

Uma reportagem minha passou no noticiário ontem a noite. Passou bem de madrugada, num horário em que ninguém assiste as noticias. Hora em que metade do mundo está dormindo. Anunciaram minha morte, em tom de eufemismo. Achei lindo como disseram: ” Uma jovem moça que faleceu de tanto amor”. E se…

8 notes.

Qualquer um que tomasse o seu lugar seria um substituto fraco. Amo você, com um amor tão grande que simplesmente não pode continuar crescendo no coração, precisa saltar para fora e se revelar em toda magnitude.

O Diário de Anne Frank.

Reblog with 6363 notes.

Você não, você não merece meu amor de plástico, minhas mentiras sinceras, meu carinho demasiado. Tu é o cara mais sincero que conheci na cidade. Tentei, por ti, colocar tudo em ordem, arrumar a casa. Mas não funcionou, sou bagunça desde que me conheço. Por isso, tu não merece que olhe em teus olhos e te faça doces promessas, te jure amor eterno. Tu é leve demais, teu riso é frouxo e leve, eu sou pesada. Dramática. Louca. Enquanto decido o que usar, você já planejou toda sua vida, e eu tenho minhas dúvidas se vou poder te acompanhar.

October, 1994.  

Reblog with 78 notes.